Postado em 1 de maio de 2020

MESMO ISOLADOS, ESTAMOS NESSA JUNTOS.


1° DE MAIO – DIA DO TRABALHADOR.

Pela primeira vez na história temos um cenário que exige que nossa celebração do Dia do Trabalhador seja virtual, porém, mesmo distante das ruas, a atual situação nos desafia a reafirmar nosso compromisso com a classe trabalhadora.

Infelizmente o IBGE nos apresenta dados negativos, exibindo números – 12,9 milhões de desempregados -, que é fruto de uma política neoliberal que ataca incansavelmente os direitos trabalhistas; caminha contrária as orientações da OMS e reduz o papel do Estado em plena crise pandêmica. Estaremos cobrando responsabilidade deste governo que se posiciona de maneira inimiga dos trabalhadores e brinca com a vida dos brasileiros.

Por fim, nesta data importante, agradecemos aos profissionais da saúde que estão na linha de frente, mesmo com todas as dificuldades e falta de equipamentos de proteção apropriados. Além desses, somos gratos aos bancários, em destaque os da Caixa Econômica Federal – CEF, que se encaixa enquanto atividade essencial e dão exemplo de compromisso com a sociedade brasileira, mesmo enfrentando metas abusivas, assédio moral, riscos e ameaças de desemprego. Com essa postura, confirma a importância da humanização do atendimento e do seu papel social enquanto banco público.

Seguiremos unidos e lutando por um futuro mais otimista e igualitário.