Postado em 15 de janeiro de 2021

Funcionários do BB fazem manifestações contra plano de desmonte


Atos aconteceram em vários pontos do país, tuitaço foi feito às 11h com a hashtag #MeuBBvalemais

No primeiro dia de manifestações contra o plano de desmonte do Banco do Brasil, nesta sexta-feira (15), agências e outros locais de trabalho no banco realizaram atos contra a reestruturação anunciada esta semana. Em vários pontos do pais aconteceram protestos contra o plano, que prevê o fechamento de agências e outras unidades, a redução do número de caixas, um Plano de Demissões Voluntários (PDV) que tem por meta dispensar 5 mil trabalhadores do banco, além de outras medidas que prejudicam os funcionários.

As manifestações estão sendo organizadas pela Comissão de Empresa dos Funcionários do Banco do Brasil (CEBB), pela Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), pelas federações e pelos sindicatos. “É o primeiro dia de manifestações e teremos várias outras manifestações. Vamos lutar. Vamos nos unir. Precisamos reagir contra a precarização do atendimento no Banco do Brasil e principalmente contra a retirada de direitos dos funcionários”, declarou o coordenador nacional da Comissão de Empresa dos Funcionários do Banco do Brasil (CEBB), João Fukunaga.
No Extremo Sul da Bahia, a categoria mobilizou e se manifestou em várias cidades da região. Além da entidade sindical visitar a base a fim de dialogar, colar cartazes e reforçar a importância da mobilização, vários bancários do BB vestiram preto contra a reestruturação do BB. De acordo com a direção sindical, as manifestações continuarão nos próximos dias.
FONTE: CONTRAF com informações do SINDIBANCÁRIOS