Postado em 24 de janeiro de 2020

Caixa nega demandas dos empregados em negociação


As negativas da Caixa para as reivindicações dos trabalhadores marcaram a rodada de negociações da mesa permanente entre a Comissão Executiva dos Empregados (CEE/Caixa) e representantes da direção da empresa realizada na última quarta-feira.

A pauta apresentada pela CEE/Caixa cobra o fim da reestruturação, a interrupção do processo de desmonte da empresa, a defesa dos direitos dos empregados e a defesa do Saúde Caixa para todos.

Caixa sinaliza que a precarização do trabalho será intensificada, assim como o encolhimento da atuação do banco no mercado, em uma nítida política de sabotagem à empresa pública; mobilização é fundamental para forçar mudança de postura da direção do banco com relação às demandas dos empregados.